.

.

About

NÓIS DE TEATRO ENCENA QUASE NADA, DE MARCOS BARBOSA

Posted by Nóis de Teatro On 08:46 No comments





Um novo trabalho surge dentro do universo criativo do Nóis de Teatro. Inquietos com o mundo que nos cerca, em especial os antagonismos travados entre periferia e centro, favelização e concentração de renda, marginalização e capitalismo, a luta de classes sempre foi a força motriz do nosso fazer teatral. O encontro com o universo temático de Marcos Barbosa, dramaturgo cearense formado Instituto Dragão do Mar, veio fortalecer uma série de questões estéticas que vinham nos alimentando nos últimos anos. A obra de Marcos consegue transitar de forma natural entre a vida urbana e a rural, exemplo claro das temáticas que vêm traçando o fazer do Nóis nos últimos espetáculos. “Quase Nada”, texto urbano, traz na sua essência, de forma mais evidente, a banalização da violência, contudo, numa análise mais aprofundada, casada com uma encenação aberta ao diálogo com os significados da obra, podemos evidenciar um universo simbólico amplo, que vai desde a corrupção e o falacioso discurso filantrópico até o advento do capitalismo e a máquina monetária que move as relações humanas.

Percebemos, ao ler os textos de Marcos Barbosa, uma necessidade constante de discutir as mazelas sociais, em especial as que se estabelecem no contexto da pobreza do sertão nordestino. Poder-se-ia dizer que Marcos parte do particular para discutir o público. Utilizando de dramas privados, o autor consegue construir um paralelo de discussão humana, social, de luta de classes até, em certo momento. Ao estudar “Quase Nada”, os atores encantaram-se com a obra e, num primeiro exercício, decidimos montar a cena 02, como esquete, processo para a montagem do texto completo. O texto, já encenado em Londres, Itália e EUA, nasce no contexto da vida contemporânea, pequeno-burguesa, onde as relações sociais e monetárias definem o dia-a-dia, marca do capitalismo que só gera uma sociedade já anestesiada pela violência cotidiana.

A encenação que o Nóis de Teatro propõe da Cena 02, que possui a marca da direção de Altemar di Monteiro, poderá ser vista hoje, as 19h, na sede do Nóis de Teatro, como parte integrante do I Circuito Alternativo de Teatro. Kelly Enne Saldanha, Edna Freire e o ator convidado Magno Carvalho compõem o elenco do esquete que se apresenta também nas próximas quarta (31) e quinta-feira (01) no prédio do ICA (UFC), na Av. Carapinima, as 20h, como parte integrante da Disciplina Metodologias da Encenação, orientada pela Professora Carolina Vieira.

Na programação do Circuito Alternativo de Teatro conta também com as apresentações dos espetáculos “Ho!”, do IFCE, e A Megera Domada, do Grupo Populart. A programação gratuita começa as 18h30.

Serviço
“Quase Nada”
Texto – Marcos Barbosa
Direção – Altemar di Monteiro
Elenco - Kelly Enne Saldanha, Edna Freire e Magno Carvalho
Dia 28/07 – 19h – Sede do Nóis de Teatro
Dias 31/07 e 01/08 – 20h – Av. Carapinima, 1615 – Benfica.

0 comentários:

Postar um comentário